terça-feira, 30 de agosto de 2016

5 dicas para evitar lesões no joelho




Patologias no joelho são, cada vez mais, frequentes. No dia a dia essa região fica bastante vulnerável aos traumas direto e indiretos. Além disso, o seu uso é intenso (muitas vezes de forma incorreta, o que acarreta em maior desgaste). Seja por quedas, fraturas em atividades esportivas, envelhecimento ou outros fatores, problemas no joelho podem levar a sintomas de dor, mobilidade prejudicada, fadiga, inchaço, rigidez e fraqueza muscular, etc. Em alguns casos, a intensidade da dor pode levar ao “travamento” ou “estalamento” do joelho. Nesses casos, a atenção deve ser ainda maior.

Saiba como evitar lesões no joelho e mantê-lo saudável

– Adote uma prática regular de atividades físicas.

Os exercícios físicos tornam o indivíduo mais ativo, ajudando-o a controlar o próprio peso (quanto maior o peso do corpo, maior será o impacto sobre o joelho). Além disso, os músculos anteriores e posteriores da coxa se tornam mais fortes, o que tende a ajudar no alívio de dores e na prevenção de lesões. Porém, nunca se esqueça que antes de qualquer atividade física é indispensável a realização de um bom aquecimento em todo o corpo, o alongamento ao final do exercício com duração de no mínimo 30' segundos para cada exercício é fundamental.

– Cuidado com exageros nos treinos e ausência de orientação profissional.

No caso, em especial, de atletas que buscam superar os próprios limites é bastante comum a ocorrência de lesões no joelho, caracterizada, inicialmente, por uma dor que se instala logo após um treino considerado exagerado. Além dos atletas, qualquer pessoa que realize exercícios físicos sem nenhum tipo de orientação profissional também poderá comprometer a região.

– Seu calçado deve ser adequado.

No caso dos “corredores” é sempre importante escolher um tênis apropriado para a atividade: confortável e com bom amortecedor (para aliviar a pressão sobre a articulação do joelho). Com relação às mulheres, vale lembrar que é muito importante evitar o uso excessivo de salto alto, uma vez que podem contribuir para o encurtamento da panturrilha bem como para o enfraquecimento da musculatura anterior da perna.

– Invista no Pilates.

A técnica do Pilates é bastante indicada na prevenção de lesões no joelho, sobretudo, pelo trabalho de fortalecimento e estabilização dos músculos centrais do corpo, exercícios de potência, alongamento e mobilização do membro inferior, sem sobrecarregar a região dos joelhos. Além de ajudar na melhora do equilíbrio, a fim de evitar quedas, bastante comuns na terceira idade, por exemplo.

– Nunca descarte a ajuda médica.

Se você já sente dores e outros sintomas associados na região dos joelhos, não procure a automedicação. É de extrema necessidade que seu caso seja avaliado por um especialista. Somente o profissional poderá diagnosticar o problema para direcionar o tratamento adequado e mais eficaz.

Fonte: Texto adaptado Fisioterapia Manual

Agende já uma sessão pelo telefone ou what's up 81818384.
Atendimentos personalizados com fisioterapeuta.
Realizamos avaliação postural de todos nossos alunos, trabalho direcionado para as suas necessidades e objetivos, experimente!






Nenhum comentário:

Postar um comentário